Adolescente segue desaparecido seis meses depois de abordagem da PM

0
3

Seis meses depois, Polícia e Ministério Público de São Paulo ainda não solucionaram o desaparecimento de um jovem após abordagem da Polícia Militar (PM) no interior paulista. Carlos Eduardo dos Santos Nascimento, de 20 anos, foi visto pela última vez em janeiro depois de ter sido colocado dentro de uma viatura em Jundiaí.

Ele estava confraternizando em um bar com outros quatro amigos, todos brancos. Apenas Carlos, negro, foi levado pelos policiais. Após o caso, três PMs envolvidos no caso foram interrogados e afastados dos serviços nas ruas. Não há, até o momento, provas concretas contra os policiais, que negam participação no desaparecimento.

Desde então, a família tem se queixado da falta de informação por parte das autoridades e o pai de Carlos, que prefere não se identificar, relata sofrimento com a situação.

O Ministério Público de São Paulo respondeu que as investigações continuam e contam com apoio da Polícia Civil. Procurada, a Secretaria da Segurança Pública do Estado não se manifestou até o fechamento desta reportagem.

*Com informações do repórter Leonardo Martins